CRIANÇAS EM RISCO COMO CO-AGENTES DA MISSÃO

21 de setembro de 2017     0

Há alguns domingos, assim que o culto de louvor acabou, Erika espontaneamente se aproximou de mim (Susan) e me perguntou com um sorriso: “Posso orar por você?”.

“Sim, você pode”, respondi. Contei para ela sobre o Segundo Fórum de Lausanne sobre Crianças em Risco e mencionei que todos os participantes trabalhariam com assuntos relevantes para crianças em risco.

Ela disse: “Vamos orar”, e então orou por mim e por todos os participantes. Ela pediu pela bênção de Deus sobre nós e que fizéssemos um bom trabalho pelas crianças.

Missão com crianças como a Erika

A Erika não é uma das adultas da nossa congregação. Ela tem nove anos de idade. É esbelta e tem a pele cor de caramelo, com longos cabelos ondulados que revelam suas origens do Oriente Médio. Quando um grupo da igreja se reuniu para abençoar o lar de uma família da igreja, eu a vi orar em voz alta em cada cômodo. Eu a vi correr para a frente da igreja para entender as mãos e orar pelas pessoas que estamos enviando ao ministério. Seu sorriso já me aqueceu quando eu chegava à porta do santuário e ela oferecia o boletim e um alegre “bom dia!”. Eu me alegrei em ver sua concentração ao passar a cesta de ofertas, levando a sério seu papel de ajudante, cumprindo-o com a dedicação e a graça que só as crianças têm. Eu também observei, com alegria, à medida que ela brincava e, ao mesmo tempo, ficava de olho nas crianças mais novas, gentilmente corrigindo-as quando não se comportavam e guiando-as para longe do perigo.

Como um casal pastoral, meu marido e eu fomos abençoados pelas suas orações. A nossa igreja faz missões “pela”, “com” e “para” a Erika; a nossa comunidade na igreja acolhe de todo o coração e dá ouvidos à Erika.

 

Ela é uma criança de sorte, é saudável e frequenta a escola. A Erika vive em uma comunidade com água limpa, transporte, cuidados médicos, uma biblioteca pública, baixa criminalidade e diversos outros sistemas de suporte. Ela tem pais estáveis e um lar cristão cheio de amor. Apesar de sua família estar passando por dificuldades financeiras no momento, enquanto seu pai está no seminário, estas dificuldades são temporárias e resultado de uma decisão intencional. A Erika nos oferece uma imagem de uma criança próspera, totalmente aceita pela família da fé, trabalhando juntamente com todas as gerações na missão de Deus.

Crianças em risco e seu lugar no Reino

No entanto, nem todas as crianças são tão abençoadas. Crianças enfrentam grandes riscos em todas as regiões do mundo:

  • Crianças vivem em extrema pobreza;
  • Crianças são afetadas por conflitos, violência e abuso;
  • Crianças acabam envolvidas em crises de refugiados;
  • Crianças são traficadas e prostituídas;
  • Outras encaram uma combinação destes e outros riscos.

Apesar de centenas de milhares de crianças enfrentarem riscos, cada uma delas é muito mais do que uma vítima ou rótulo trágico. Cada criança em nosso mundo quebrado e confuso é um ser humano multifacetado, criado à imagem de Deus, abençoado com dons espirituais – uma criança que pode trabalhar de forma significativa como obreiro colaborador na igreja e missão. A igreja global está percebendo e respondendo seriamente à importância das crianças, especialmente das crianças em risco.

[CLIQUE AQUI E CONTINUE LENDO ESTE TEXTO EM LAUSANNE.ORG]

Autor: Movimento de Lausanne

Movimento de evangelização. Toda a Igreja levando todo o Evangelho para o mundo todo.