Espanha clama por missionários

28 de setembro de 2017     0

Mais de sete mil cidades na Espanha não conhecem a Cristo

 A nona edição do “Todos os Povos Te Louvem” realizada de 21 a 23 de setembro, na Igreja Batista Atitude, no Rio de Janeiro, ficou marcada na mente e no coração de todas as pessoas que passaram pelo local nos três dias de evento. Os participantes tiveram a oportunidade de louvar, adorar e orar a Deus, participar de oficinas e apresentação de trabalhos missionários desenvolvidos no Brasil, Ásia e Europa. De acordo com o pastor, missionário e mobilizador do Grupo Povos e Línguas, Breno Vieitas, o evento atingiu seu objetivo a partir do momento em que várias pessoas saíram despertadas e impactadas a fazer missão.

– Em todo o tempo buscamos mostrar as necessidades e os desafios dos campos missionários espalhados pelo mundo. Buscamos divulgar e informar as pessoas sobre os diversos projetos missionários em andamento fazendo com que elas se envolvam. Nosso foco é despertar e mobilizar os cristãos para missão, pois muitos são vocacionados, mas nem todos sabem como fazer ou se envolver – explica Breno.

Durante o encontro os participantes puderam curtir a música da Banda Be One e da cantora Lorena Chaves e conhecer um pouco mais da realidade missionária na Espanha e na Europa como um todo. Segundo o pastor Xoán Castro existem mais de 7 mil cidades espanholas, de um total de um pouco mais de 8 mil, sem nenhuma igreja evangélica. “São 14 milhões de pessoas que não têm acesso ao Evangelho. Não existem programas de televisão evangélicos, temos poucos programas de rádio e percorremos uma média de 300km de carro sem encontrar uma igreja evangélica sequer. Somente 0,67% da população declara que teve um encontro pessoal com Cristo. Precisamos mudar essa realidade. Eu sou fruto de um casal missionário que saiu do Brasil e foi para Espanha e sou muito grato a Deus pela vida deles. Missão é o sim de Deus para o mundo”, relatou Xoán.

Após a preleção do pastor espanhol foi a vez do mobilizador do Povos entrevistar o empresário voluntário da Ames (Agência Missionária para Evangelização do Sertão), Antônio Torres, sobre os projetos desenvolvidos pela agência em diversas cidades do Sertão e a importância do empresariado cristão investir na obra do Senhor. Em seguida, o empresário e missionário Adalberto Rangel comentou sobre o projeto “Lar Café” criado com intuito de oferecer aos frequentadores um ambiente agradável e descontraído, no qual as pessoas se sintam em casa. “Aproveitamos o clima de harmonia para conversar com os clientes, dar conselho, orar, fazer estudos e falar de Jesus. Afinal, nada melhor do que tomar um bom café e conversar sobre Deus”, disse Rangel.

Autor: Redação Povos e Línguas

Conteúdo missionário de referência sobre o que acontece no Brasil e no mundo.